Existe Cialis genérico?

O Cialis, é um medicamento para tratamento de disfunção erétil a base de Tadalafila, e chegou em maio de 2003 no Brasil e pela eficácia e efeito prolongado em relação do Viagra, causou muita procura no medicamento.
O valor dele é ligeiramente mais alto do que o Viagra e por esse motivo as pessoas começaram a procurar sua versão genérica.


Mas, Existe? Sim, existe. Mas não está autorizada a comercialização da droga genérica, por motivos de patente, ao menos no Brasil. Explicando os “por quês”:
Seguindo as regras, a patente tem um prazo de 20 anos para expirar, ou seja, a comercialização do Cialis genérico só poderia ocorrer quando terminar a validade da patente, exceto se não for pedida prorrogação da validade da patente.
O fabricante do Cialis o laboratório Eli Lilly, foi que requereu a patente que apresenta o princípio ativo Tadalafila, aqui no Brasil. Esta patente já teve a permissão do pelo INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual).
O número de registro desta patente, junto ao INPI é o BR 9506559 e irá expirar em 12 de janeiro de 2016 (vide “Orange Book”), só a partir desta data, o genérico do Cialis poderá ser comercializado, aqui no Brasil.
Se este medicamento não tivesse registro de patente solicitada aqui no Brasil, a comercialização do genérico, por qualquer laboratório, seria livre.
Você até consegue encontrar produtos com esta composição, que não são fabricados pela Eli Lilly, mas são considerados falsificados e de comércio Ilegal, ou seja, é crime, não somente pela patente, mas também por não estar devidamente fiscalizado e autorizado pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).
Antes de usar um medicamento, recomendamos que procure um médico.

Leave a Comment